Publicações

Revista 7 - 1989

Linguagem (Martin Heidegger)
Conferência que Martin Heidegger ministrou em 7 de outubro de 1950, em Bühlerhöle, e repetiu em 14 de fevereiro de 1951, no Wütembergische Bibliotheksgesellschaft, Stuttgart. Pensar a 'Linguagem'. Como ele disse: 'E só. Refletir sobre a linguagem mesma e apenas linguagem. De que modo a linguagem ocorre como linguagem?' Esta é a intenção deste trabalho. O original "Die Sprache" foi publicado na coletânea Unterwegs Zur Sprache, 1959, Verlag Günther Neske Pfullinger. Mas a tradução para o português seguiu a edição em língua inglesa Poetry, Language, Thought, 1971, Harper and Row Publishers, N. Y. que teve o acompanhamento para sua edição final do próprio Heidegger. Recorreu-se ao original alemão quando permanecia dúbia a tradução para o português dos termos em inglês.

Pensamentos à Respeito do Trabalho de Valéria Gamper: 'Os Reconhecereis pela Fala (Medard Boss)
Encontramos nesse trabalho do Prof. Boss ocasião especial que reflete a visão comum da linguagem a partir de uma teoria instrumental, considerando-a desde o mais fundamental estar-aberto humano, como poder-ouvir, poder-responder e poder-corresponder. Assim podemos ver, no âmbito da experiência, aquilo que Heidegger nos havia apontado - que não é o homem que faz a linguagem, mas que é a partir dela que se constitui. Sabemos como tal constatação tem sido debatida e pouco compreendida. Assim, para aqueles que estiverem interessados no trabalho daseinsanalítico, no desenvolvimento de seu pensar e de sua prática, essa tradução será uma oportunidade que não encerra convicções finais, mas que propõe um caminho a ser percorrido.