Publicações

Revista 6 - 1985

Sonhar e Psicoterapia (Medard Boss)
Boss enfatiza, basicamente, a importância do sonho na psicoterapia e procura situar a abordagem em relação a outras.

Abordagem Fenomenológico - Existencial Sonhos I (Solon Spanoudis)
Spanoudis faz, inicialmente, uma exposição do que significa ’fenomenologia existencial’, conforme o pensamento de Martin Heidegger. A seguir discute as semelhanças e diferenças entre os estados oníricos e de vigília. Procura, ainda, expor as semelhanças existentes entre antigüidade e a maneira fenomenológica existencial de abordar os sonhos. Finaliza mostrando sonhos que lhe foram relatados em psicoterapia e como os compreende.

Abordagem Fenomenológico - Existencial Sonhos II (David Cytrynowicz)
Cytrynowicz apresenta a variabilidade do sonhar e como no cotidiano costumamos a utilizar nossos sonhos. Em seguida, procura nos aproximar do sentido que tem , para Heidegger, o estado de ser-no-mundo. E é a partir dessa compreensão que o sonhar será visto. Por fim coloca, de modo pessoal, como a fenomenologia pode contribuir para o entendimento dos sonhos nos encontros psicoterápicos.