Agenda



Lançamento - Histórias de uma Supervisão

Prólogo


Esta é uma obra que envolve a participação de várias pessoas. Assumi a orientação da sua feitura porque o método daseinsanalítico que se procura explicitar é aquele empregado por mim em meus atendimentos e que foi assimilado pelos outros participantes através de muitos anos de supervisão comigo. Claro que desenvolveram sua própria maneira de ser terapeutas, mas foi o meu olhar que norteou o caminho que trilhamos.

A participação de Daniel Pucci, Rene Motta Hypolitho e Luciana Azevedo Noronha Schnur foi de tal ordem e de tamanha dedicação que sem eles esta obra simplesmente não existiria. Cada um deles participou à sua maneira. Mas o livro pronto dependeu de todos.

O formato foi concebido quando Rene disse que eu sou um contador de “causos”, de histórias. E que o livro deveria ser um relato de experiências terapêuticas recolhidas ao longo do tempo. Contei a opinião de Rene para Daniel e ele, por sua vez, me sugeriu a seguinte estrutura: cada capítulo seria composto pela descrição de uma sessão ou pela narrativa de um caso clínico e após esse relato haveria uma supervisão onde todos contribuiriam com sua visão sobre o caso. Essa estrutura reproduziria a relação que tivemos ao longo de muitos anos, já que fui supervisor de todos eles. Cada capítulo, portanto, mostra como funciona uma supervisão clínica grupal. Nelas, procuramos clarear como se dá a prática clínica dentro do método daseinsanalítico. Ao final do livro, com o propósito de facilitar a consulta, listei os principais conceitos e temas presentes nas sessões no capítulo Índice Conceitual e Temático.

Com exceção do meu nome, todos os participantes aparecem com pseudônimos. Não por necessidade de preservá-los, mas porque na feitura do livro, atribuo opiniões de um para outro, de maneira que seria errado fazê-los assumir as posições e mesmo as sessões dos outros. Além deles, há dois outros psicólogos, fictícios.

Acreditamos que esse livro possa ser útil para jovens terapeutas. Mas também para aquelas pessoas que tenham curiosidade em saber como se processa uma sessão terapêutica dentro do nosso método e o que ocorre nos bastidores da terapia, a supervisão clínica. Também terapeutas de outras abordagens podem ver explicitados no livro os princípios básicos da postura terapêutica.

Fiz uma introdução onde busco assinalar os principais conceitos da obra de Heidegger que dizem respeito diretamente à psicoterapia compreensiva daseinsanalítica. Todos os outros capítulos são relatos de sessões e suas respectivas supervisões.

As sessões basearam-se em atendimentos efetivamente realizados. Não são, obviamente, transcrições literais. Fatos, tempo, diálogos inteiros foram modificados e mesmo introduzidos no texto, a fim de melhor explicitação da postura terapêutica.  As sessões, tal como descritas, compõem uma obra ficcional baseada na realidade.

Em todos os relatos procurou-se preservar a privacidade e a identidade dos pacientes, modificando suas características físicas, ou o sexo, a idade, profissão, composição familiar, circunstâncias de vida. Para todos foi solicitada autorização para publicação, exceção feita a três casos meus muito antigos cujos contatos foram perdidos. Foram mantidos no livro porque eram exemplos importantes para a elucidação do método.

A todas os nossos pacientes, pessoas que a nós confiaram a história de suas vidas, nosso muito obrigado. Esse livro é oferecido a eles, em reconhecimento.


Miguel Angelo Yalenti Perosa

Data 24/11/2018
Livraria Pulsional
R. Ministro Gastão Mesquita, 132 - Perdizes - SP
Fone (11) 3865-8950